Cuidados com a pele em tempos de confinamento

A pele é o órgão mais extenso do corpo e, apesar de ser muito resistente, precisa ser bem cuidada. Para uma pele se manter saudável precisa de ser lavada (mas não em excesso), hidratada e de apanhar ar e sol.
A pele não aprecia químicos, venham eles na água, no ar ou em cosméticos de pouca qualidade.

Com o confinamento ficámos mais em casa, com menos contacto com o sol, com o ar renovado e talvez com menos cuidados connosco mesmos – quantos de nós não acabámos por mudar de roupa menos vezes pelo facto de não termos que sair à rua?
Alterações no pH da pele e a falta de arejamento da mesma, tornam-na mais vulnerável e, consequentemente, poderão contribuir para desequilíbrios tais como agravamento da acne e das micoses (fungos) já existentes, e aumento da sensibilidade alérgica.
 

Em condições normais a pele tem um pH 5,5 – é ligeiramente ácido.
Ao lavar a pele com água pH 5,5 estamos a criar as melhores condições para a sua lavagem, hidratação, e para uma melhor tonificação.



Manuela Cerejeira
Médica

medicinadavida22@gmail.com

DICAS DO Dr. pH
Se a pele apresenta algumas lesões de acne ou qualquer outra infecção, como as micoses (por exemplo, o pé de atleta), então deverá ser lavada, duas a três vezes ao dia com água de pH 3,5.

A grande maioria das bactérias e fungos morre em ambiente ácido e esta é uma forma mais natural (e ecológica) de os combater sem recorrer a produtos químicos.
MANTENHA A PELE SAUDÁVEL DURANTE O CONFINAMENTO